Pesquisadores do Incor Curitiba e seu instituto de pesquisas, o Instituto Denton Cooley (IDC), em parceria com o Hospital Veterinário São Bernardo, desenvolveram um modelo experimental de infarto agudo do miocárdio (IAM) em coelhos, através de ligadura de ramo coronariano (ramo marginal esquerdo). Utilizando este modelo de IAM, será possível avaliar a extensão do dano ao tecido miocárdico morfologicamente através da microscopia, estabelecer a evolução das manifestações eletrocardiográficas, dosar marcadores de necrose miocárdica (Troponina T ultra sensível) e analisar a função miocárdica por meio de estudo ecocardiográfico.

Este modelo de contribuirá para o desenvolvimento de medicamentos preventivos e terapêuticos mais eficazes para o infarto do miocárdio, condição responsável pela morte de milhares de pessoas anualmente.

Equipe de Pesquisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *